Article

lock Open Access lock Peer-Reviewed

2

Views

EDITORIAL

Operação de Jatene: 1975-1987

Adib D Jatene

DOI: 10.1590/S0102-76381986000200001

Em maio de 1985, JATENE et alii4 realizaram a primeira correção da transposição das grandes artérias no plano arterial e a denominaram correção anatômica. Em outubro do mesmo ano, esta operação foi apresentada como comentário em mesa-redonda do II Simpósio do Henry Ford Hospital3. O fato deste simpósio reunir cirurgiões do mundo inteiro e a circunstância de este tipo de correção estar na mente dè todos, como algo irrealisável, causou um grande impacto.

A técnica passou a ser utilizada em vários Serviços2, 8, 12 e a ser chamada "Operação de Jatene". Sua indicação eletiva era para os casos de transposição com comunicação interventricular e/ou persistência de canal arterial. Também pacientes com estenose pulmonar que permitisse sua eliminação completa com boa função valvar passaram a ser indicados. Quanto à transposição com septo íntegro, todos os grupos se mantiveram indicando a correção no plano atrial. Apenas YACOUB et alii13 imaginaram preparar o ventrículo esquerdo com a cerclagem da artéria pulmonar, com ou sem desvio aorto-pulmonar. Inicialmente, faziam o desvio proximal à cerclagem. Em seguida, deixaram de fazê-lo e empregavam apenas a cerclagem e, ao final, o desvio aorto-pulmonar passou a ser realizado distalmente à cerclagem.

As discussões sobre qual o método a aplicar, se no plano atrial, com as operações de MUSTARD9 e de SENNING11, ou no plano arterial, com a operação de JATENE5, com ou sem a modificação de LECOMPTE et alii7, tornaram-se assunto obrigatório, nos congressos de Cardiologia Pediátrica.

Permanecia, porém, a indicação, principalmente para os casos complexos, que representam menos de 20%. A indicação em casos simples, ou seja, com septo íntegro, exigia a preparação prévia proposta por Yacoub. A não ser que se operassem os pacientes antes que houvesse adelgaçamento das paredes do ventrículo esquerdo. Isto queria dizer que a cirurgia deveria ser realizada no período neonatal.

Depois de CASTAÑEDA et alii1 e, mais recentemente, QUAEGEBEUR et alii10 apresentaram suas experiências no período neonatal é que o conceito realmente começou a mudar.

Atualmente, um grupo multicêntrico, liderado por KIRKLIN & BLACKSTONE6, ocupa-se da avaliação da técnica mais adequada para correção definitiva da transposição das grandes artérias.

Após 12 anos e inúmeras discussões, parece que a operação de Jatene, como foi proposta, ou com modificações, vai ganhando espaço e tudo leva a crer que substituirá as outras técnicas, em todos os Serviços preparados para cirurgia eletiva em neonatos.

Mesmo nos doentes com septo ventricular íntegro que ultrapassaram a fase neonatal, a preparação do ventrículo esquerdo, como proposta por Yacoub, permite a realização da operação de Jatene.

O processo de validação desta técnica, até sua aceitação definitiva, como ocorre hoje, demonstra, claramente, o cuidado dos cirurgiões na adoção de procedimentos novos e a certeza de que, ao contrário das aparências, que levam a considerar os cirurgiões como agressivos, eles são extremamente prudentes e conservadores, só mudando de atitude quando a análise cuidadosa dos resultados justificar esta mudança.


REFERÊNCIAS

1. CASTAÑEDA, A. R.; NORWOOD. W. J.; JONAS, R. A.; COLON, S. D.; SANDERS, S. P.; LANG, P. - Transposition of the great arteries and intact ventricular septum: anatomical repair in the neonate. Ann. Thorac. Cardiovasc. Surg., 38 (5): 438-443, 1984.

2. HARINK, E.; VAN MILL, G. J.; ROSS, D. - Anatomical correction of transposition of great arteries with persistent ductus arteriosus: one year after operation. Br. Heart. J., 43 (1): 95-98, 1980. [MedLine]

3. JATENE, A. D. - Discussion at the round table on Surgery for complex congenital anomalies. In: Henry Ford Hospital International Symposium on Cardiac Surgery. 2., 1975. Detroit, USA, Appleton-Century-Croft, 1977, p. 335-338.

4. JATENE, A. D.; FONTES, V. F.; PAULISTA, P. P.; SOUZA, L. C. B.; NEGER, F.; GALANTIER, M.; SOUSA, J. E. M. R. - Successful anatomic correction of transposition of the great vessels: a preliminary report. Arq. Bras. Cardiol., 28 (4): 461-464, 1975. [MedLine]

5. JATENE, A. D.; FONTES, V. F.; PAULISTA, P. P.; SOUZA, L. C. B.; NEGER, F.; GALANTIER, M.; SOUSA, J. E. M. R. - Anatomic correction of transposition of the great vessels. J. Thorac. Cardiovasc. Surg., 72 (3): 364-370, 1976. [MedLine]

6. KIRKLIN, J. W. & BLACKSTONE, E. H. - An ongoing study of the management of patients with transposition fo the great arterires. Congenital Heart Surgeons Society, Birmingham, USA, 1986, 108 p.

7. LECOMPTE, Y.; ZANNINI, L.; HARAN, E.; JARREAU, M. M.; BEX, J. P.; TRAN VIET TU; NEVEAUX, J. Y. - Anatomic correction of transposition of the great arteries new technique without use of a prosthetic conduit. J. Thorac. Cardiovasc. Surg., 82 (4): 629-631, 1981. [MedLine]

8. MAJOR Jr., W. K.; MATSUDA, H.; SUBRAMANIAN, S. - Failure of the Jatene procedure in a patient with d-transoosition and intact ventricular septum. Ann. Thorac. Surg., 22 (1): 386-388, 1976.

9. MUSTARD, W. T.; CHUTE, A. L.; KEITH, J. D.; SIREK, A.; ROWE, R. D.; VLAD, R. - A surgical approach to transposition of the great vessels with extracorporeal circuit. Surgery, 36 (1): 39-51, 1954.

10. QUAEGEBEUR, J. M.; ROHMER, J.; OTTENKAMP, J.; BUIS, T.: KIRKLIN, J. W.; BLACKSTONE, E.; BROM, A. G. - The arterial switch operation: an eight-year experience. J. Thorac. Cardiovasc. Surg., 92 (3): 361-384, 1986. [MedLine]

11. SENNING, A. - Surgical correction of transposition of the great vessels. Surgery, 45 (6): 966-980, 1959. [MedLine]

12. STARR, A. - Discussion of Jatene AD, Fontes VF, Paulista PP, Souza LCB, Neger F, Galantier M, Souza JEMR: Anatomic correction of transposition of the great verssels. J. Thorac. Cardiovasc. Surg., 72 (3): 364-370, 1976. [MedLine]

13. YACOUB, M. H.; RADLEY-SMITH, R.; MacLAURIN, K. - Two-stage operation for anatomical correction of transposition of the great arteries with intact interventricular septum. Lancet, 1 (8025): 1275-1278, 1977. [MedLine]

CCBY All scientific articles published at rbccv.org.br are licensed under a Creative Commons license

Indexes

All rights reserved 2017 / © 2021 Brazilian Society of Cardiovascular Surgery DEVELOPMENT BY